Facisc apoia reabertura do calendário de feiras e eventos em SC

Setor que gera quase 12 mil empregos indiretos e movimenta mais 1,3 bilhões na economia catarinense pede socorro

A Facisc é uma das entidades que apoiam o Movimento de Promotores e Organizadores de Feiras e Eventos de Santa Catarina, integrado por cerca de 30 empresas e entidades do setor, que representam mais de 1,7 mil empresas expositoras e que geram centenas de postos de trabalho.

Além da Facisc, entidades como ABAV/SC – Associação Brasileira de Agência de Viagens, ACATS – Associação Catarinense de Supermercados, Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Joinville e Região, ABRAPE – Associação Brasileira de Promotores de Eventos, APEVI – Associação das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedor Individual do Vale do Itapocu e o Instituto Festival de Dança também assinam o documento que pede a autorização imediata para reabertura do calendário de Feiras e Eventos em Santa Catarina. Além disso, também pede prioridade para a liberação das feiras de negócios, a elaboração de um plano de apoio e incentivo aos eventos já programados, como também para elaboração e captação de projetos que possam beneficiar toda a cadeia produtiva, e a não utilização de pavilhões e espaços de eventos para instalação de “Hospitais de Campanha”.

Confira alguns números do setor de eventos em SC:

Número de Feiras: 18 (dezoito), em várias regiões e municípios de Santa Catarina
Número Previsto de Expositores: 2.375 (dois mil, trezentos e setenta e cinco)
Número Estimado de Turistas/Visitantes: 341.000 (trezentos e quarenta e um mil)
Estimativa de Negócios: R$ 1.330.000.000,00 (um bilhão, trezentos e trinta milhões de reais), em geração de negócios durante e pós-feiras, entre expositores e visitantes
Estimativa de Geração de Empregos indiretos na realização dos eventos: 11.510 (onze mil, quinhentos e dez)
Estimativa de gasto per capta dos Turistas/Visitantes: R$ 150,00 X 04 dias, totalizando R$ 204.600.000,00 (duzentos e quatro milhões e seiscentos mil reais) de movimentação na economia

Confira aqui o documento na íntegra

0